sábado, 31 de março de 2012

um amor eterno.



Já tinha consciência de que a atmosfera se modificava quando ele estava por perto. Foi então, que teve certeza de que estar com a percepção tão aguçada da simples presença de uma pessoa só podia tratar-se de amor,um amor eterno.

(Julia Quinn)

tipo um adolescente.



"Sou tipo um adolescente de quase trinta.
 Me mandam crescer,
 mas nenhum exemplo adulto
até hoje me convenceu."

(Gabito Nunes)


quinta-feira, 29 de março de 2012

você está.


Tua mão entrelaça a minha. Meu abraço se encaixa no teu. Teu sorriso é a continuação do meu. Você está e fica tudo bem.
(Bibiana Benites)


 Certas coisas são tão evidentes,
apesar de inexplicáveis, 
que a gente não pode deixar de acreditar.
(Caio F. Abreu)

terça-feira, 27 de março de 2012

o maior erro do ser humano.



E o meu exercício diário 
continua sendo decifrar as questões 
que a vida me dá.
 É quase um malabarismo,
 onde manter a lucidez é imprescindível. 
Então vasculho todos os espaços
 existentes em mim, 
e percebo que não preciso 
ter todas as respostas, 
basta não me fazer de desentendida 
e aceitar todas as perguntas. 
O maior erro do ser humano 
não é o vacilo que muitas vezes comete, 
mas se submeter a cegueira 
para obter somente a resposta 
que lhe interessa!

(Fernanda Gaona)

só é preciso amar alguém.


O imprevisto acontece
 e alguém te encontra. 
E te reecontra. 
Te reinventa.
 Te reencanta. 
Te recomeça.

(Gabito Nunes)


 Não é preciso ser viciado em heroína
 ou poeta performático para vivenciar emoções extremadas. 
Só é preciso amar alguém.

(Nick Hornby)

segunda-feira, 26 de março de 2012

vou me lembrar.


quando você não estiver procurando.



Um dia você vai encontrar alguém que te lembre todos os dias que a vida é feita para ser vivida. Alguém que é perfeito de tão imperfeito. Alguém que não desista de você por mais que você tente afastá-lo. Naquele dia que você não estiver procurando por ninguém, naquele dia que você não ia sair de casa e acabou colocando a primeira roupa que viu pela frente. Quando você não estiver procurando, você vai achar aquela pessoa que faz você sentir que poderia parar de procurar.

(Caio F. Abreu)

domingo, 25 de março de 2012

Todo caminho é começo.



Não subestime o tempo das voltas, nem diminua a leveza nos passos. Todo caminho é começo.

(Priscila Rôde)

estar simplesmente.



Um modo tão dele, essência dele, particular dele quando falava, gesticulava, se pronunciava a mim. Atento, inteiro, intenso, entregue ao que fosse, ao que viemos a ser, ao que aquela noite fez de nós. Junto da vontade de me tomar nos braços e eu ser tomada por ele, veio a vontade de apenas Estar. Junto, ao lado, perto. Estar simplesmente. Eu, ele e nosso silêncio. Lugar bom. Incenso bom. Presença e ausência ali, captados numa mesma frequência.
(Bibiana Benites)

eu escolhi o tamanho da coragem.


Eu nunca quero ter certeza de tudo na vida. Acho que amar é isso. Saber dar sem garantias. Sem exigir nada em troca. Arriscar, acreditando que vai dar certo. Sem olhar pra trás e se arrepender porque deu errado ou porque não era bem assim que você planejou. Acho que amar é incondicionalidade. Não ter prazo de validade. Não sei nada sobre amar, mas desconfio que não tem nada a ver com certezas.
(Brena Braz)


O amor assusta porque ao nascer já anuncia: posso acabar. Pior: o amor do outro pode acabar. Ou nada disso: pode a vida e o dia e as horas serem mais fortes que qualquer impulso, e o que era um-mais-um torna-se um a um. E o que resta é cada um levando como pode o que pulsa em si.
O amor é ter a perder.
Ou não ter nada. É tudo e todo o medo e todos os perigos. Ou nada e paz. Ou nada.
O amor que nasce é assustadoramente amor. O amor que segue sozinho é assustadoramente só. Não há meio-termo porque o que o amor quer é coragem, o amor quer entrega, o amor sempre quer. Nem sempre é harmonia, nem sempre delicadeza. Mas sempre amor. Até não mais. E isso demora.
É maior que nós, o amor. Faz sombra e assusta. Até que se veja dele o seu verdadeiro tamanho. A sombra do amor assusta. Até que se entenda que ela é sombra e só.
O amor nos pede a escolha: ser do tamanho do medo ou da coragem.
 (Cristiana Guerra)

quinta-feira, 22 de março de 2012

amo.


 Sabe quando você lembra do sorriso dele e involuntariamente você sorri também, então? Meu Deus que saudade!


 Amo como quem respira a vida e sente que o ar é muito mais renovador quando o outro respira junto comigo.

(Priscila Rôde)

o que interessa.


É preciso passar por uma porção de besteiras até chegar ao que interessa.
(Caio F. Abreu)


Não quero ser tudo pra ele,
Quero ser apenas quem ele não trocaria por nada.

o avesso.



Nem sempre a vida te puxa pro lado mais fácil, ou pro lado que queremos ir. Mas aprendi que não adianta brigar com a vida. Ela sempre sabe que no final dará tudo certo. Ela conhece os melhores caminhos. E nem sempre o caminho mais fácil é o que vai te fazer feliz. Então, não fique com medo de mudar a rota, trocar o rumo, jogar os planos fora, rasgar o mapa. Porque o avesso, o incerto também pode ser lindo. Também pode te fazer sorrir.

(Fernanda Barcellos)

segunda-feira, 19 de março de 2012

Tão sonhada.



Aprendi a amar assim do seu jeito,
E aceito ser seu e viver esse amor.

(Tão sonhada - Banda Eva)

sobre o amor.


 E numa batida mais forte da percussão, num rodo­pio, girando juntos, ele pediu:
― Deixa eu cuidar de você. Ela disse:
― Deixo.
(Caio Fernando Abreu)



O amor não é louco. Sabe muito bem o que faz, e nunca, nunca, age sem motivo. Loucos somos nós, que insistimos em querer entendê-lo no plano da razão.

(Marina Colasanti)

domingo, 18 de março de 2012

com o tempo.


                           
Aprenda a gostar de você, a cuidar de você e, principalmente, a gostar de quem também gosta de você...A idade vai chegando e, com o passar do tempo, nossas prioridades na vida vão mudando... A vida profissional, a monografia de final de curso, as contas a pagar... Mas uma coisa parece estar sempre presente... A busca pela felicidade, com o amor da sua vida. Desde pequenas ficamos nos perguntando "quando será que vai chegar?" E a cada nova paquera, vez ou outra nos pegamos na dúvida "será que é ele?".
Como diz meu pai: "nessa idade tudo é definitivo", pelo menos a gente sempre achava que era. Cada namorado era o novo homem da sua vida. Fazíamos planos, escolhíamos o nome dos filhos, o lugar da
lua-de-mel e, de repente... PLAFT! Como num passe de mágica ele desaparecia, fazendo criar mais expectativas a respeito "do próximo". Você percebe que cair na guerra quando se termina um namoro é muito natural, mas que já não dura mais de três meses. Agora, você procura melhor e começa a ser mais seletiva.
Procura um cara formado, trabalhador, bem resolvido, inteligente, com aquele papo que a deixa sentada no bar o resto da noite. Você procura por alguém que cuide de você quando está doente, que não reclame em trocar aquele churrasco dos amigos pelo aniversário da sua avó, que jogue "imagem e ação" e se divirta como uma criança, que sorria de felicidade quando te olha, mesmo quando você está de short,camiseta e chinelo.
A liberdade, ficar sem compromisso, sair sem dar satisfação, já não tem o mesmo valor que tinha antes.
A gente inventa um monte de desculpas esfarrapadas, mas continuamos com a procura incessante por uma pessoa legal,que nos complete, e vice-versa. Enquanto tivermos maquiagem e perfume, vamos à luta... E
haja dinheiro para manter a presença em todos os eventos da cidade: churrasco, festinhas, boates na quinta-feira. Sem falar na diversidade, que vai do Forró ao Beatles. Mas o melhor dessa parte é se divertir com as amigas, rir até doer barriga, fazer aqueles passinhos bregas de antigamente e curtir o som... Olhar para o teto, cantar bem alto aquela música que você adora. Com o tempo, voce vai percebendo que para ser feliz com uma outra pessoa, você precisa, em primeiro lugar, não precisar dela. Percebe também que aquele cara que você ama (ou acha que ama), e que não quer nada com você, definitivamente não é o homem da sua vida. Você aprende a gostar de você, a cuidar de você e, principalmente, a gostar de quem também gosta de você. O segredo é não correr atrás das borboletas... é cuidar do jardim para que elas venham até você.
No final das contas, você vai achar, não quem você estava procurando, mas quem estava procurando por você! 
(Mário Quintana)

sexta-feira, 16 de março de 2012

Ele.



Veio assim, invadindo, somando. Querendo ser. Fazer parte. E é.
Não é coincidência. É amor. Desde o início. Antes de eu sentir que era. Ele.

(Bibiana Benites)

quinta-feira, 15 de março de 2012

pois existe.



És presença. E, mesmo quando és ausência, és muito mais do que saudade. És vontade de ver de novo, de ver mais, de ver mais perto, ver melhor. E tocar, de modo que, cada toque, eu tenha um pouco mais de ti em mim, para que não haja mais ausência. Te encontrar virou apenas uma questão de fechar os olhos. Tenho confundido ‘eu’ com ‘nós’. Mas essa confusão só me acontece porque eu tenho certeza de tudo o que eu sinto. E o que eu sinto é o tal do amor. Aquele surrado, mal falado, desacreditado e raro amor, que eu achava que não existia mais. Pois existe. E arrebata, atropela, derruba, o violento surto de felicidade causado pelo simples vislumbre do teu rosto…

(Caio Fernando Abreu)

almas dispostas.


Quando duas almas dispostas se encontram, não há porquês carregados de “muito cedo” ou “tarde demais”. Há apenas o momento em que duas almas dispostas se encontram e enfeitam o improvável instante com alguns punhados de possibilidades. Afinal de contas, permitir - se é tornar - se possível, dentro de alguém.

(Priscila Rôde)

quarta-feira, 14 de março de 2012

quando vamos embora de alguém.



— E o que a gente vira quando vai embora de alguém?
E o Senhô respondeu:
— Uns viram pó. Outros caem igual estrela do céu. Outros só viram a esquina… E têm aqueles que nunca vão embora.
— Não? E eles ficam onde, Senhô?
— Na lembrança.

 (Caio Fernando Abreu)

você tem me ganhado.



Se você tivesse chegado antes, eu não teria notado. Se demorasse um pouco mais, eu não teria esperado. Você anda acertando muita coisa, mesmo sem perceber. Você tem me ganhado nos detalhes e aposto que nem desconfia. Mas já que você chegou no momento certo, vou te pedir que fique. Mesmo que o futuro seja de incertezas, mesmo que não haja nada duradouro prescrito pra gente. Esse é um pedido egoísta, porque na verdade eu sei que se nada der realmente certo, vou ficar sem chão. Mas por outro lado, posso te fazer feliz também. É um risco. Eu pulo, se você me der a mão.

(Verônica H.)

terça-feira, 13 de março de 2012

gratidão.



Eu agradeço as pessoas que eu deixei me conhecer.

(Jorge Fernando)



Eu gosto muito dessa frase, pois ela me faz refletir sobre as escolhas. Essas escolhas básicas de toda a vida, o processo é longo, passamos a vida conhecendo pessoas e elegendo e conquistando nossos amigos. Quem faz parte da nossa intimidade, quem não se abre com a gente, quem são os nossos confidentes. As pessoas com as quais você abre o seu coração, essas são as que deveríamos ter a maior gratidão. Elas são os nossos anjos mais próximos, irmãos de alma nesse mundo de tantas ilusões.

(Denise Portes)

cuidado e sorte.


Se tivermos cuidado e sorte – sobretudo, talvez, sorte – quem sabe, dê certo? Não é fácil. Tampouco impossível. E se existe essa centelha quase palpável, essa esperança intensa que chamamos de amor, então não há nada mais sensato a fazer do que soltarmos as mãos dos trapézios, perdermos a frágil segurança de nossas solidões e nos enlaçarmos em pleno ar. Talvez nos esborrachemos. Talvez saiamos voando. Não temos como saber se vai dar certo – o verdadeiro encontro só se dá ao tirarmos os pés do chão –, mas a vida não tem nenhum sentido se não for para dar o salto.
(Antônio Prata)


Meus medos? Joguei pela janela. Deixa que vá.
(Bibiana Benites)

eu sinto paz.


O meu amor por você é inédito. Novo e maduro – como pode? Penso, sinto e quero você. Hoje, amanhã e na medida sem fim do tempo. Quando estou em silêncio e lembro que você existe eu sinto paz. Suspiro aliviada.
(Cris Guerra)


(Porque eu sei que é amor - Titãs) 

sábado, 10 de março de 2012

Um brinde!



Um brinde ao acaso. Um brinde ao que deu certo, ao que não deu em nada. Um brinde ao caminho incerto, à pessoa errada. Um brinde à tudo que acontece, um brinde ao que nunca vai acontecer. Tudo que mudou, e a tudo que nunca vai mudar.

(Rodrigo Tavares)

precisamos acreditar.


Sempre acreditei que toda vez que a gente entra numa igreja pela primeira vez, vê uma estrela cadente ou amarra no pulso uma fitinha de Nosso Senhor do Bonfim, pode fazer um pedido. Ou três. Sempre faço. Quando são três, em geral, esqueço dois. Um nunca esqueci. Um sempre pedi: amor.
 (Caio F. Abreu)


A gente carrega dentro do peito todos os sonhos do mundo. Isso é tão bonito, tão encantador, tão cheio de esperança. Acho que é isso: precisamos da esperança, precisamos acreditar naquela fagulha que fica lá dentro dando a entender que tudo vai clarear, clarear, clarear...
(Clarissa Corrêa)

mais uma vez.


Já conheço os passos dessa estrada… E, mesmo assim, estarei sempre pronto para esquecer aqueles que me levaram a um abismo. E mais uma vez amarei. E mais uma vez direi que nunca amei tanto em toda a minha vida.

(Fernanda Young)


Fazia muito tempo que eu não tinha vontade de sorrir para nada nem para ninguém, então era extraordinário que você conseguisse perturbar assim os cantos de meus lábios, fazendo com que eles se movimentassem duramente, numa tentativa de se abrirem...

(Caio F. Abreu)


álbum de minissonatas.



Compreendi, então, que a vida não é uma sonata que, para realizar a sua beleza, tem de ser tocada até o fim. Dei-me conta, ao contrário, de que a vida é um álbum de minissonatas. Cada momento de beleza vivido e amado, por efêmero que seja, é uma experiência completa que está destinada à eternidade. Um único momento de beleza e amor justifica a vida inteira.

(Rubem Alves)

sexta-feira, 9 de março de 2012

abandonar ou não abandonar.



Saber desistir. Abandonar ou não abandonar — esta é muitas vezes a questão para um jogador. A arte de abandonar não é ensinada a ninguém. E está longe de ser rara a situação angustiosa em que devo decidir se há algum sentido em prosseguir jogando. Serei capaz de abandonar nobremente? Ou sou daqueles que prosseguem teimosamente esperando que aconteça alguma coisa?
(Clarice Lispector)

a moça.




Ela é uma moça de poses delicadas, sorrisos "discretos" e olhar misterioso.
Ela tem cara de menina mimada, um quê de esquisitice, uma sensibilidade de flor, um jeito encantado de ser, um toque de intuição e um tom de doçura.
Ela reflete lilás, um brilho de estrela, uma inquietude, uma solidão de artista e um ar sensato de cientista.
Ela é intensa e tem mania de sentir por completo.
Ela tem aquele gosto doce de menina romântica e aquele gosto ácido de mulher moderna.

(Caio Fernando Abreu)

quinta-feira, 8 de março de 2012

a pessoa "certa".



Pensando bem em tudo que a gente vê e vivencia, e ouve e pensa, não existe uma pessoa certa pra gente. Existe uma pessoa que se você for parar pra pensar, é na verdade a pessoa errada. Pois a pessoa certa faz tudo certinho: chega na hora certa, fala as coisas certas, faz as coisas certas. Mas nem sempre precisamos das coisas certas. Aí é a hora de procurar a pessoa errada. A pessoa errada te faz perder a cabeça, fazer loucuras, perder a hora, morrer de amor. A pessoa errada vai ficar um dia sem te procurar, que é para na hora de vocês se encontrarem a entrega seja muito mais verdadeira. A pessoa errada na verdade, é aquilo que a gente chama de pessoa certa. Essa pessoa vai te fazer chorar, mas uma hora depois vai estar enxugando as suas lágrimas, essa pessoa vai tirar seu sono, mas vai te dar em troca uma inesquecível noite de amor. Essa pessoa pode não estar 100% do tempo ao seu lado, mas vai estar toda a vida esperando por você. A pessoa errada tem que aparecer para todo mundo, porque a vida não é certa, nada aqui é certo. O certo mesmo é termos que viver cada momento, cada segundo, amando, sorrindo, chorando, pensando, agindo, querendo, conseguindo. Só assim, é possível chegar aquele momento do dia em que a gente diz: "Graças a Deus, deu tudo certo!", quando na verdade, tudo que Ele quer, é que a gente encontre a pessoa errada. Pra que as coisas comecem a funcionar direito pra gente.
(Luís Fernando Veríssimo)

Dia Internacional da Mulher

Para todas aquelas que sentem na pele o desafio de serem MULHERES, com todas as letras. Que conseguem ser tão guerreiras e sensíveis ao mesmo tempo, o meu reconhecimento!


O Dia Internacional da Mulher é comemorado no dia 08 de março. É uma data comemorativa para a celebração dos feitos econômicos, políticos e sociais que foram alcançados pela mulher.
A proposta do dia internacional da mulher foi iniciada na virada do século XX, durante o processo de industrialização e expansão econômica, que levou a grandes protestos sobre as condições de trabalho. As mulheres empregadas em fábricas de vestuário têxtil foram protagonistas de um desses protestos em 08 de março de 1857 em Nova Iorque. O protesto requeria melhores condições de trabalho e salários mais altos.
Porém o que levou mesmo a essa data ser comemorada mundialmente foi a tese do incêndio provocado na fábrica da Triangle Shirtwaist, que também ocorreu em Nova Iorque, em 25 de março de 1911. Onde foi registrada cerca de 146 mortes. Segundo relatos, cerca de 129 trabalhadoras foram trancadas e queimadas vivas. O incêndio da fábrica Triangle, é até hoje, o pior incêndio da história de Nova Iorque.
Depois desse episódio, muitos outros protestos foram feitos, e um que se destacou foi o de 1908, onde 15.000 mulheres marcharam sobre a cidade de Nova Iorque exigindo a redução da carga horária, melhores salários e o direito de voto. Sendo assim, o primeiro Dia Internacional da Mulher seguiu-se em 28 de fevereiro de 1909 nos Estados Unidos após uma declaração do Partido Socialista da América. Em 1910 ocorreu a primeira conferência internacional sobre a mulher em Copenhague, dirigida pela Internacional Socialista, e assim, o Dia Internacional da Mulher foi estabelecido.
No decorrer nos anos muitas mulheres se destacaram na história, por razões distintas, cada uma delas tem hoje seu nome lembrado. Veja abaixo uma galeria com as fotos de algumas delas.




Mulher...
Que traz beleza e luz aos dias mais difíceis
Que divide sua alma em duas
Para carregar tamanha sensibilidade e força
Que ganha o mundo com sua coragem
Que traz paixão no olhar
Mulher,
Que luta pelos seus ideais,
Que dá a vida pela sua família
Mulher
Que ama incondicionalmente
Que se arruma, se perfuma
Que vence o cansaço
Mulher,
Que chora e que ri
Mulher que sonha...
Tantas Mulheres, belezas únicas, vivas,
Cheias de mistérios e encanto!
Mulheres que deveriam ser lembradas,
amadas, admiradas todos os dias...





Desejo a todas as MULHERES,  um feliz dia e uma feliz vida! 
Parabéns, principalmente à mulher que me deu a vida e que batalhou tanto para eu estar onde estou e como estou, obrigada por me mostrar que a vida tem vários caminhos, e por me guiar para o melhor deles.. o caminho do bem, do amor, da coragem e da força. 
TE AMO MÃE e tenho muito orgulho da mulher que você é!

quarta-feira, 7 de março de 2012

repensar a vida.



De vez em quando é bom repensar a vida. Só assim a gente descobre o que não quer.

(Clarissa Corrêa)

o meu altar.


Sempre que eu preciso
Me desconectar
Todos os caminhos
Levam ao mesmo lugar
É meu esconderijo
O meu altar

(Humberto Gessinger)


Fiz um pedido aos céus, e de repente ele se encheu de estrelas. E aquela brilhou ainda mais.

(Rayana Krambeck)

é assim que a gente vai vivendo.



E é assim que a gente vai vivendo, sabe? Errando pra aprender. Se decepcionando pra se proteger. Se machucando pra crescer. Chorando pra sorrir. A gente cai uma vez, pra aprender a se levantar em outra. No fim, tudo que for bom, verdadeiro, tudo o que realmente nos fizer bem, permanece.

(Tati Bernardi)

assim era ela.


 Sou metamorfose inquieta, que ousa, experimenta. 
Auroras, tormentas, dias de sol… de chuva intensa!
Nenhum nublado me sustenta…
Vivo dias de ódio e também de amor
“Sou ser de faca… mas também de flor”
Não sei exato quem sou, sei quem posso ser.
Sei quem quero ser! E sou quem quero.
E são tantos os meus contrários.
Sou feita de tantos eus que
“caleidoscopicamente” não sei qual desses
é verdadeiramente meu.
Penso que todos!


Assim era ela…
sem pontos finais, mas cheia de segredos.
pulando de reticências em reticências.
-três pontos que se seguiam num aventurar-se sem medo.

(Erikah Azzevedo)

só o misterioso me fascina.



Eu quero é a avidez do novo e do desconhecido… algo que aumente a minha fome de céu. É que a mesmice da paisagem nunca fez brilhar o meus olhos de águia.
Tudo porque, no fundo no fundo, todo o vôo precisa ser feito é de descobertas. E só o misterioso me fascina.

(Erikah Azzevedo)

aqui dentro.


 Chega uma hora que é preciso acordar. Pra dentro. Por dentro.

  
É que eu tenho
um horizonte inteiro
de possibilidades
aqui dentro.

(Bibiana Benites)